testo 338 -
Testador de fumaça

Ordem nº  0632 3381

  • Prático e robusto. Facil de transportar para o local de aplicação desejado

  • Determinação da concentração de fuligem (mg / m3), bem como o número de emissão do filtro (FSN) ou o número da Bosch

  • Operação fácil com uma mão

  • Análise direta e exibição de valores de medição, impressão opcional de dados no local com a impressora rápida Testo

Para os motores a diesel, a contagem de fumaça é um parâmetro importante, não apenas para avaliar as emissões, mas também para o ajuste correto da injeção de combustível. Com o testador de fumaça testo 338, a determinação do grau de escurecimento é revolucionariamente fácil; nenhum equipamento de medição estacionário, nenhuma eletrônica de análise - com apenas um instrumento de medição portátil de uma mão.

Descrição

Se você é um técnico de manutenção de motores a diesel, ou um fabricante que precisa fornecer prova de valores de emissão - determinar a contagem de fumaça geralmente faz parte do seu trabalho. Com o testador de fumaça testo 338, você está idealmente equipado para a determinação do grau de escurecimento em motores a diesel. O prático instrumento de medição, fácil de operar, registra a concentração de fuligem (mg / m3) e o número de fumaça do filtro (FSN) ou o número da Bosch para você.
 

O testador de fumaça testo 338: aplicável de forma flexível e adequado para a indústria


O testador de fumaça testo 338 fornece a vantagem de que, como um instrumento portátil, ele pode ser levado com você até o local de aplicação desejado. Se os motores diesel a serem testados estão em plantas industriais, navios, estaleiros ou minas - com o testo 338, o seu testador de fumaça está sempre à mão na sua caixa de ferramentas. Isso permite que você dispense a instalação complicada de sistemas de medição estacionários.

Especialmente antes do comissionamento ou após a manutenção dos motores diesel, recomenda-se medir a contagem de fumaça. Isso permite determinar se a injeção está ajustada corretamente ou se há problemas internos no motor. No entanto, para a prova dos valores de emissão, também é frequentemente necessário determinar o grau de escurecimento - por exemplo, na mineração ou no transporte marítimo, a fim de cumprir as estipulações ambientais especiais ou para testar os filtros de partículas diesel. Os fabricantes de motores a diesel também devem atender aos requisitos de seus clientes e fornecer uma prova disso. Com o testo 338, o primeiro testador de fumaça móvel com análise direta de dados, você está idealmente equipado para essas aplicações.

A aba "Aplicativos" fornece mais informações sobre a aplicação do testo 338 nas seguintes áreas:
  • Comissionamento e manutenção de motores diesel / industriais
  • Fabricação de motores a diesel
  • Empresas de transporte e docas
  • Mineração e prospecção
  • Máquinas de construção e veículos terrestres
     

Contador de fumaça com tecnologia inovadora e alta facilidade de uso


Comece, meça, compreenda - nenhuma ação é supérflua. É assim que a medição da contagem de fumaça pode ser fácil. E quão rápido. Porque o compacto testo 338 liberta você de bombas manuais e tabelas comparativas complicadas. Como o primeiro testador de fumaça portátil, ele exibe automaticamente o grau de escurecimento sem a necessidade de usar a eletrônica de análise complexa.

Graças ao fácil funcionamento do testo 338, a medição do grau de escurecimento é possível sem treinamento extensivo. O testador de fumaça mostra diretamente o número de fumaça do filtro (FSN) ou o número da Bosch. O instrumento também fornece a concentração de fuligem. Além disso, você também pode criar uma conexão via interface de infravermelho para a impressora rápida opcionalmente disponível da Testo e imprimir os dados de medição facilmente no local.


O que está incluído

Contador de fumaça testo 338, incluindo sonda de amostragem de gás, TopSafe, unidade de alimentação e estojo do instrumento.

 

Soot Concentration

Faixa de medição

0 a 70 mg/m³

Resolução

0,01 mg/m³

Wiederholung

< 1,5 mg/m³ (0 a 5 mg/m³)

< 1,25 mg/m³ +5 % do vm (5 a 70 mg/m³)

FSN Bosch Number

Faixa de medição

0 a 2,5 *

Resolução

0,01 *

Wiederholung

< 0,08 FSN *

*at reference conditions 1000 mbar, +25 °C

Dados técnicos gerais

Classe de proteção

IP40 com TopSafe

Interface

IRDA / opcional Bluetooth

Memória

200 valores medidos

Tipo de bateria armazenada

Lithium ion

Durabilidade

approx. 4 h cont. operation

Application temperature

Individual measurements up to +500 °C

Max. press. pos./gás de combustão

300 mbar*

Test sample volume

0.4 litres (range: 0 to 0.3 FSN); 0.2 litres (range: 0.2 to 2 FSN)

Meeasurement period

˂ 60 s per measurement cycle

Flow-through measurement

Differential pressure sensor

Optical sensor

Opacity of the filter load in %

*at higher pressures, a higher measurement inaccuracy occurs

Diesel engine manufacturing

Manufacturers of diesel engines often need to meet the customer's requirement of proof of the degree of blackening of the engine. This value is sometimes even documented in the purchase contract. For the purposes of diesel engine acceptance, you can record the degree of blackening with the smoke tester testo 338, and provide your customer with corresponding proof. If your customer wishes for a printout of the measurement data, this too can be provided directly at the measurement site with the optionally available Testo fast printer.

Lifting vehicles

Diesel forklift trucks and earth-moving equipment must be regularly tested and serviced, sometimes even according to legislation or cooperative regulations, e.g. TRGS 554 in Germany – especially if they are working in closed rooms. A smoke tester is ideal for testing the Bosch number on diesel engines in forklift trucks and earth-moving equipment.

Mining and prospecting

In mining, there are stipulations set by law or by professional cooperatives (e.g. the BGR 160 in Germany), which prescribe certain limit values for degree of blackening and the intervals for testing diesel engines. Limited fresh air supply means that the adherence to prescribed emission values in mines is crucial. Otherwise this can lead to health risks for the workers. For this reason, regular smoke count measurements are either compulsory or at least strongly recommended.

Shipping companies and dockyards

On ships, as little visible smoke should be produced as possible, and the soot content kept to a minimum. A high soot content on deck can lead to the danger of soot deposits on the passengers. In order to test whether the smoke count of marine diesel engines does not exceed the prescribed limit values, shipping companies (and port authorities) can use a smoke tester. Use of the instrument provides clarity regarding the smoke values.

In shipbuilding, the smoke count also plays an important part. After individual components have been assembled (engine, diesel particle filter, exhaust pipe), the soot emissions should be tested. In addition to this, for environmental reasons the customers often make demands regarding the emission values, and require proof of the soot emission in the diesel exhaust. The correct functioning of the diesel particle filter can also be testing using a degree of blackening measurement.

Tests before the commissioning and servicing of diesel engines

The degree of blackening of diesel engines should be measured before commissioning and after servicing. With this measurement, you can for example test whether the fuel injection is correctly adjusted, and identify and remedy interior engine problems early. You as a service technician can carry the handy smoke tester testo 338 easily with you as you travel from job site to job site in order to carry out these measurements.