Extracto do White Paper "Ainda efetua medições? Ou já está a monitorizar? Porque não jogar pelo seguro, e poupar dinheiro com um sistema de monitorização da temperatura?"

Quando se trata de medir e documentar temperaturas, muitos operadores de empresas alimentares estão convencidos de que têm isto perfeitamente sob controle. Mas a realidade é um pouco diferente, como mostram as estatísticas apresentadas nesta página de uma publicação do Instituto Federal de Proteção do Consumidor e Segurança Alimentar. De acordo com o exposto, cerca de um quarto de todas as empresas inspecionadas não cumprem os regulamentos de gestão de higiene ou de higiene industrial. O cumprimento dos limites de temperatura, por exemplo, no armazenamento, transporte ou processamento de produtos alimentares, insere-se nesta área.

As consequências de uma inspecção falhada são de grande alcance – desde uma inspecção de seguimento aborrecida e dispendiosa até severas multas, passando por encerramentos que ameaçam a própria existência da empresa ou os danos resultantes para a sua imagem pública. Contudo, essa não é a única razão para monitorizar temperaturas críticas. Qualquer empresa que produz ou distribui produtos alimentares tem um dever de cuidado e é responsável por garantir que os seus produtos estejam impecáveis. O operador do setor alimentar deve assegurar isto através de sistemas de controle adequados. Além disso, é igualmente necessário ter em conta o valor dos produtos que são armazenados ou produzidos: Os produtos alimentares que não cumpram os requisitos legais de higiene devem ser retirados do mercado. Em qualquer caso, é fundamental que os responsáveis pela qualidade tenham os valores de temperatura sob controle.

Esse foi apenas um pequeno trecho. Você gostaria de ler mais? Nesse caso, basta solicitar o white paper completo e descobrir tudo sobre:
  •      Por que boas medidas diárias antiquadas simplesmente não são suficientes.
  •      Por que a papelada com valores de medição introduzidos manualmente é problemática.
  •      Os custos incorridos por diferentes métodos de medição.
  •      As vantagens dos sistemas de monitoramento quando se trata de monitorar a temperatura.
Food controls

Aplicar aqui

Help

2a2b2e6a00b02df080cbe39b73bf475d46093622
Confirm
Found draft
Found draft
Found drafts
Existing form data found
Form Submitted
Review Form Validation Messages
Unable to complete action
Confirmation

Conteúdo do white paper

  1. Resumo executivo
  2. A qualidade não pode ser delegada/Ou: Obrigações de um operador de uma empresa alimentar
  3. Os 3 métodos de medir a temperatura
  4. No final, tudo valerá a pena: Comparação de custos da tecnologia de medição para controle da temperatura
  5. Desafios especiais para instrumentos de medição portáteis e registadores de dados
  6. Existe outro método: As vantagens dos sistemas de monitorização automatizados
  7. Estas questões irão ajudá-lo a encontrar o sistema de monitorização da temperatura perfeito para si
  8. Sobre a Testo: Alta tecnologia da Alta Floresta Negra
Whitepaper monitorização da temperatura